O delegado Rodrigo Torres, titular da Delegacia Interativa de Manacapuru, no Amazonas, realizou duas apreensões nesta semana. Uma de 23 celulares oriundos de furtos e roubos e outra drogas.

De acordo com o delegado, o primeiro caso ocorreu no início da semana, com a apreensão de celulares. A formalização de Boletins de Ocorrências deu início às investigações.

Segundo Torres, todos os indivíduos que foram flagrados em posse dos aparelhos de procedência ilícita foram levados ao DIP e assinaram um TCO, por receptação.

Delegacia de Polícia é a responsável pela localização dos aparelhos

“Como somos responsáveis por atender essas ocorrência aqui no município, a nossa equipe tem realizado investigações de inteligência desde o início do ano. O intuito é de localizar e devolver esses aparelhos aos verdadeiros donos. Ao mesmo tempo, temos o objetivo de inibir ações criminosas, como roubos e furtos”, explicou o delegado Torres.

Ainda de acordo com o titular da unidade policial, os donos dos celulares já foram identificados, por meio dos BOs, e a equipe policial já está realizando procedimentos de devolução aos proprietários.

2ª Operação; Apreensão de drogas

Cerca de 200 trouxinhas de drogas, dentre oxi e maconha, dois tabletes de maconha, cinco pedras de oxi, além de seis munições de calibre 28 intactas, foram apreendidos em ação policial. Os materiais foram apreendidos em um flutuante na orla da cidade e em uma casa no bairro Nova Manacá.

De acordo com o delgado Rodrigo Torres, a equipe da DIP estava monitorando um homem há aproximadamente dois meses, após receber denúncias anônimas informando a venda de drogas em um flutuante da Orla. Conforme o delegado, após os policiais civis constatarem a movimentação suspeita no lugar, foi iniciada a operação policial.

“Chegamos ao flutuante por volta de meio-dia de terça-feira (17/09) e, ao perceber a presença da polícia, por meio de olheiros que estavam nas proximidades, o dono do flutuante empreendeu fuga. Durante buscas realizadas no lugar, apreendemos certa quantidade de drogas e uma balança de precisão. Imediatamente as equipes se deslocaram até a casa do infrator, situada no bairro Nova Manacá, onde foi constatado que ele havia passado no lugar, retirado objetos pessoais e saído do imóvel. No colchão do quarto dele foi apreendido mais um tablete de maconha, além de seis munições de calibre 28 intactas”, explicou Torres.

Procedimentos na Polícia

 O titular da DIP de Manacapuru informou que todo o material apreendido será periciado, e destacou que as investigações em torno do caso irão prosseguir para localizar e indiciar o infrator pela prática de tráfico de drogas.

FOTOS: Divulgação e Erlon Rodrigues/PC-AM