A “Operação Cruzada”, deflagrada na terça-feira (17/09) pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), resultou na prisão de três homens.  Dois são por envolvimento com o tráfico de drogas e um por homicídio. As prisões ocorreram nos bairros da zona sul. Uma arma de fogo e trouxinhas de entorpecentes foram apreendidas.

Foram presos por tráfico de drogas: Rafael Monteiro Rios dos Santos, 19, e Thiago dos Santos Cartilho. Foi preso em cumprimento a mandado por homicídio: Leonardo dos Santos Gomes, 25.

Segundo o secretário de Segurança Pública, coronel Louismar Bonates, o objetivo da operação era cumprir 29 mandados de busca e apreensão em locais denunciados pela população como pontos de vendas de entorpecentes.

“O objetivo que nós queríamos foi alcançado, que era recolher informações do tráfico e outros itens que vão permitir a continuidade das investigações. Esse trabalho das polícias na zona sul já vem acontecendo há dois meses, é incessante e estamos devolvendo a paz para população”, disse.

Delegado Geral de Polícia

O delegado geral da Polícia Civil, Lázaro Ramos, afirmou que o material apreendido será analisado, periciado e usado como provas contra organizações criminosas. “Principalmente as facções criminosas, como o tráfico e os crimes de homicídios”, informou.

De acordo com o comandante-geral da PM, coronel Ayrton Norte, o trabalho foi pontual na zona sul com o aumento da quantidade operacional da área.

“A Polícia Militar tinha 130 homens e 50 viaturas na área de serviço para suplementar a operação nesses bairros aqui da zona sul. Nós vamos continuar trabalhando para que a população tenha a segurança que merece. Para isso, nós pedimos que a sociedade continue denunciando via 181, ajudando o trabalho da polícia”, garantiu.

Denunciados na Polícia

Conforme o delegado George Gomes, titular do Departamento de Polícia Metropolitana (DPM), os presos na operação são denunciados como envolvidos com a criminalidade.
 
“Um deles é extremamente perigoso, acusado de vários homicídios na cidade, ligado à uma facção criminosa. Outros se tratam de traficantes de drogas, em várias residências, vilas e comércios, vários locais onde foi cumprido esses mandados”, explicou.
FOTOS: DIVULGAÇÃO/SSP-AM