Durante operação Municípios Integrados 2, deflagrada pela Polícia Civil de Itacoatiara (AM), cinco pessoas foram presas em cumprimento de mandados de prisão. Três deles são de alta periculosidade e dois eram procurados por pensão alimentícia.

As prisões ocorreram na terça-feira (12/11). Os principais alvos da operação eram os integrantes do Comando Vermelho. As investigações foram comandadas pelos delegados Lázaro Mendes e Paulo Barros.

Prisão de líderes de facção

Durante a operação foi preso José Eliabe, vulgo PC, de 28 anos, que é o líder dessa organização criminosa atuante no Bairro da Paz. Além dele, foi preso também seu braço direito Diego Fugaça, de 18 anos.

Segundo os delegados, José Eliabe, por ser líder do grupo, planejava e participava das ações contra membros do grupo criminoso rival, sendo o responsável pelo aumento do número de homicídios e tentativas de homicídios ocorridos na cidade.

Com este objetivo, José Eliabe utiliza dos demais integrantes do grupo, como Diego Rodrigues Fugaça que já estava sendo procurado por um homicídio e um roubo ocorridos no mês de agosto de 2019.

Os policiais civis apreenderam uma pistola semi-automática, calibre 380, que era usada pelo grupo criminoso em diversos crimes, notadamente em homicídios e roubos.

Homem tentou matar a mulher

Policiais civis também fizeram a prisão de Etiemerson Souza, vulgo “Tonzynho”, de 31 anos, o qual havia tentando matar recentemente sua companheira usando arma de fogo. “Tonzynho” já possui diversas passagens pelo presídio, por tráfico e porte de arma, e a pertence a uma organização criminosa atuante na cidade.

Pensão Alimentícia

Por fim, foram presos durante a operação os nacionais Mauriney Ferreira de Mengonça, 40, e José Ribeiro Bentes, 27, ambos por serem devedores de pensão alimentícia e estarem com mandados de prisão em aberto.

 

Fotos: Divulgação